Únicos exclusivos do Xbox Scorpio serão jogos de realidade virtual

17 de agosto de 2016

Anunciado durante a E3 2016 em Junho, o novo e mais poderoso Xbox One deve chegar somente no próximo ano, mas o anúncio do Project Scorpio tem mexido bastante com a indústria. Uma das grandes dúvidas é com relação a exclusividade de jogos, já que o console mais poderoso poderia acomodar melhor games exigentes e dar mais liberdade a desenvolvedores. Porém em entrevista a Engadget, Aaron Greenberg, chefe de Marketing do Xbox garantiu que este não será o caso.

“Nós já que dissemos que não teremos jogos exclusivos para o Project Scorpio. Isto é um único ecossistema, independente se você tem um Xbox One, Xbox One S ou Project Scorpio, não queremos que ninguém fique para trás. Porém, com o poder e recursos do novo hardware, poderemos trazer jogos de realidade virtual de alta-fidelidade. Neste quesito, não achamos que seja o ambiente de consoles e sim de VR, por isto estas experiências serão as coisas novas que você terá com o Scorpio”.

Basicamente isto que dizer que jogos de realidade virtual deverão ser lançados exclusivamente para o Scorpio, mesmo com a Microsoft ainda não tendo nenhum aparelho próprio. Este deve ser o mesmo caso do PlayStation VR, já que um dos principais motivos do futuro PS4 Neo seria o melhor suporte a jogos VR, que exigem mais poder de hardware. Na mesma entrevista, Aaron Greenberg disse que a retrocompatibilidade é de extrema importância para a Microsoft.

“Nós estamos dizendo que se você comprou estes games e acessórios para o seu Xbox One, ou comprou um Xbox One S, estes games e estes acessórios irão funcionar normalmente no Project Scorpio. Queremos que nossos clientes entendam que quando eles estiverem prontos para migrar para o Scorpio, toda a sua biblioteca irá junto”, completou o executivo. Continue ligado aqui na SuperGamePlay para mais novidades do Xbox One e tudo sobre o mundo dos games.

Co-fundador e editor da SuperGamePlay. Fanático por games, já quebrou diversos controles jogando Decatlhon no Atari e passou incontáveis horas soprando cartuchos de Super Nintendo. Hoje passa o tempo livre em meio a centenas de jogos, dos mais variados estilos e plataformas.