Preço do Oculus Rift é revelado, pacote inclui controle do Xbox One

6 de janeiro de 2016

A “grande revolução” da indústria dos jogos será lançada em breve e ela custará bem caro. A Oculus VR anunciou hoje durante a Consumer Electronics Show 2016 que seu visor de realidade virtual Oculus Rift terá preço final de U$ 599 (ou R$ 2.400,00 na cotação atual, porém um preço específico para o Brasil não foi revelado). As pré-vendas também já estão disponíveis no site oficial da empresa para 20 países (não incluindo o Brasil) e que no momento está sobrecarregado.

O aparelho será enviado para compradores no dia 28 de Março e passará a ser vendido em Abril, porém em quantidades limitadas e apenas em certos varejistas. O aparelho irá vir com uma cópia do game de plataforma Lucky’s Tale da desenvolvedora Playful e também com o espetacular Eve: Valkyrie da CCP Games. Além disso o pacote inclui um controle do Xbox One e um Oculus Remote, utilizado para navegar em certas experiências de realidade virtual.

Já os controles Oculus Touch anunciados em Junho do ano passado foram adiados e chegam somente no segundo semestre deste ano. A Oculus ainda promete que Minecraft VR e outros 20 jogos exclusivos estarão disponíveis até o final deste ano. O preço do aparelho assustou muita gente, principalmente quem apoiou o projeto no Kickstarter em 2012 (aonde o Rift foi prometido por U$ 300) e quem vem comprando os kits de desenvolvimento, que estavam custando U$ 350,00.

A Oculus também revelou que estará certificando PC’s voltados para jogos com o selo “Oculus Ready”, indicando que a máquina tem potência suficiente para rodar o aparelho (confira nossa matéria com os requisitos mínimos). Um bundle que inclui o Oculus Rift e um PC compatível começará a ser vendido em Fevereiro por U$ 1.499 no site da Oculus. Continue ligado na SuperGamePlay para mais novidades do Oculus Rift e outros dispositivos de realidade virtual.

Co-fundador e editor da SuperGamePlay. Fanático por games, já quebrou diversos controles jogando Decatlhon no Atari e passou incontáveis horas soprando cartuchos de Super Nintendo. Hoje passa o tempo livre em meio a centenas de jogos, dos mais variados estilos e plataformas.