Beta de The Elders Scrolls Online para PS4 e Xbox One começa amanhã

22 de abril de 2015

A Bethesda, desenvolvedora de The Elder Scrolls Online, anunciou hoje que iniciará uma fase beta de testes do jogo nas versões para PlayStation 4 e Xbox One amanhã. O jogo estava previsto para lançamento nos consoles ainda em 2014, porém sofreu adiamento e chega em Junho. Em Janeiro a empresa anunciou o fim da necessidade de assinatura mensal.

O beta não será aberto a todos, sendo limitado a alguns dos inscritos, porém não todos que se inscreveram terão acesso. Os e-mails de convite já foram enviados, já sendo possível baixar o enorme client para acesso ao jogo. O beta terá início ás 11h do dia 23 (horário de Brasília), terminando também ás 11h do dia 27 de Abril.

No anúncio da fase beta, a empresa ainda lançou uma seção de perguntas e respostas, onde soluciona algumas possíveis dúvidas. Uma delas é sobre o enorme tamanho do client: “The Elder Scrolls Online é um jogo incrivelmente massivo, tanto em termos de escopo quanto de dados necessários para trazê-los essa verdadeira e enorme experiência. No momento, o client excede os 50 GB de um disco Blu-ray, o que significa que haverá um grande patch no lançamento que consiste em mais ou menos 15 GB”, disse a Bethesda.

Outra dúvida esclarecida no FAQ é sobre a não existência de restrições de divulgação do período de teste, o que inclusive ela incentiva que os jogadores compartilhem capturas de tela, assim como streaming ao vivo do jogo. Além disso, todo progresso feito no beta não será carregado para quando o jogo for lançado. Um detalhe interessante é que a versão do beta já será a versão final e completa do game. The Elder Scrolls Online chega em 6 de Junho para o PlayStation 4 e Xbox One.

Redator da SuperGamePlay, se apaixonou por videogames na primeira vez que jogou Atari. Preza por uma boa história, é fanático por Metal Gear e está sempre em busca de bons jogos indies. Ama consoles, mas também não larga o PC. Tudo o que queria era mais tempo para terminar todos os jogos que gostaria.