Próximo ano de conteúdo adicional de The Division será totalmente grátis

9 de março de 2017

Com tantos jogos sendo lançados ou em desenvolvimento, fica fácil esquecer que já faz um ano do lançamento de The Division da Ubisoft. Mas apesar de alguns de nós já termos esquecido do jogo, a Ubisoft não esqueceu e a produtora anunciou que o segundo ano do game terá conteúdo adicional sem custo nenhum para jogadores. “Todos os conteúdos que traremos serão grátis. Não existe passe de temporada para o ano dois”, disse Julian Gerighty diretor do jogo.

No seu primeiro ano, The Division recebeu três grande expansões, todas partes do passe de temporada de U$ 39,99. A Ubi foi bastante criticada pelo contrato de exclusivdade com a Microsoft, que fez estas expansões serem lançadas com um mês de antecedência no Windows 10 e Xbox One. O game também foi bastante criticado pelos problema em seu gameplay nos níveis mais altos e a Ubisoft remediou a situação com uma série de correções e melhorias ao longo do ano.

Nada disso irá acontecer no segundo ano do jogo, disse a Ubisoft. Todas as expansões (são duas planejadas) chegarão ao mesmo tempo em todas as plataformas e o balanceamento que trouxe vida nova para o jogo recentemente, continuará evoluindo. A primeira grande expansão chega até o meio do ano com novos modos de jogo e recursos que a comunidade vem pedindo, como criação e troca de loadouts. Já a segunda expansão irá aprimorar um pouco a história do game.

Porém, a Ubisoft disse que uma expansão considerável da história (como novas áreas para explorar e aumento do nível máximo) não irá acontecer: “Nós não podemos entregar missões de história que se encaixam no aspecto RPG do jogo de forma simples. Por isso não faremos nenhuma missão do estilo das principais do jogo, mas um conteúdo narrativo adicional é algo que estamos pensando”, completou a Ubi na transmissão ao vivo. Continue ligado aqui na SuperGamePlay para mais novidades de Tom Clancy’s The Division e tudo sobre o mundo dos games.

Co-fundador e editor da SuperGamePlay. Fanático por games, já quebrou diversos controles jogando Decatlhon no Atari e passou incontáveis horas soprando cartuchos de Super Nintendo. Hoje passa o tempo livre em meio a centenas de jogos, dos mais variados estilos e plataformas.