Kojima quer que jogadores “caguem nas calças” com novo Silent Hill

14 de agosto de 2014

Hideo Kojima, famoso criador da série Metal Gear, está trabalhando em um novo Silent Hill com Guillermo del Toro, chamado Silent Hills, como comentamos aqui após revelação na Gamescom 2014. No entanto, Kojima alerta que os jogadores podem se preparar para trocar suas calças, pois será realmente aterrorizador, segundo ele.

“Originalmente, estávamos pensando em fazer um jogo que te faria mijar nas calças”, disse Kojima. Após mais conversas com o diretor de cinema Guillermo del Toro, Kojima disse que agora está pensando em fazer um jogo que “fará você cagar nas calças”. Ele ainda disse que está ciente de que se o jogo for muito aterrorizador, pessoas podem desistir de jogar, mas segundo ele isso não importa.

Ele ainda brincou que a “edição limitada provavelmente vai incluir uma calça”. Kojima ainda revelou que o trailer jogável lançado para o PlayStation 4, chamado de P.T., foi feito para parecer como um jogo feito por um estúdio independente. “Era um experimento em fazer um jogo de terror usando a Fox Engine, mas tinha que parecer como um jogo de um estúdio independente. Então diminuímos um pouco a qualidade propositalmente”.

P.T. foi lançado na terça, como um game de uma desenvolvedora chamada 7780s Studio. A esperança era de que não fosse descoberto tão rápido de que se tratava realmente de um novo Silent Hill. “Eu pessoalmente esperava que levassem uma semana para desvendar. Eu subestimei os jogadores”, disse Kojima. Uma artimanha parecida foi feita por ele com Metal Gear Solid V, quando um trailer mostrava um jogo desenvolvido pelo estúdio fictício Moby Dick Studios.

Segundo ele, os jogadores descobriram já na metade do anúncio. “Eu acho que estamos melhorando”, disse. Ele também revelou que sua equipe está em processo de finalizar Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, enquanto trabalha paralelamente em Silent Hills, novo jogo da série que conta com Norman Reedus, ator de The Walking Dead.

Redator da SuperGamePlay, se apaixonou por videogames na primeira vez que jogou Atari. Preza por uma boa história, é fanático por Metal Gear e está sempre em busca de bons jogos indies. Ama consoles, mas também não larga o PC. Tudo o que queria era mais tempo para terminar todos os jogos que gostaria.